O cantor e compositor Ed Sheeran ajudou no lançamento da nova campanha de caridade nacional no nordeste da Inglaterra.

O músico, que canta sobre viver sem teto em “Homeless”, e que invadiu as paradas no ano passado, tomou o centro do palco no lançamento da nova campanha da Crisis, “No Going Home”, em Newcastle, no sábado.

A campanha visa defender subsídio de habitação para os jovens de todo o país.

Há atualmente 21.430 requerentes de prestações habitacionais sob a idade de 25 anos, no Nordeste.

Ed, um apoiante de longo prazo da Crisis, se envolveu com a caridade desde o Natal passado.

Ele escreveu seu single The A-Team baseado em um hóspede de sem-teto que conheceu lá.

O artista de 21 anos de idade também participou de um workshop de violão com alguns dos desabrigados e e alojados da caridade enquanto apoiava a campanha.

Martin Lee Smith, 26, de Spital Tongues, juntou-se a Crisis depois de sair da prisão pela terceira vez, há dois anos.

Ele disse: “Ed veio realmente para a Terra e nos envolveu. Eu realmente gostei. A Crisis tem ajudado a me manter longe de problemas. Há sempre coisas interessantes acontecendo ”

Ed disse:

” Também foi importante para mim para fazer a campanha No Going Home. Eu conheço um monte de gente da minha idade estão se esforçando para encontrar trabalho e pagar o aluguel. Acho que é muito chocante que o Governo pode considerar um corte que pode deixar dezenas de milhares desabrigadas.”

Ed ajudou a lançar a campanha em meio a planos do governo de abolir subsídio de habitação para menores de 25 anos.

Leslie Morphy, executivo-chefe da Crise, disse: “Temos medo de que, se o apoio à habitação é abolida para pessoas com menos de 25 depois de dezenas de milhares de jovens será feita sem-teto.”

Fonte: Chronicle Live

Adaptação e Tradução: Gabriela Brizzi



comentários

Webstatus

Projetos

Agenda

Twitter

Facebook

Apoio

Afiliados