edbanner1

 

O artista do grande sucesso “The A Team”, que foi nomeado como música do ano nos Grammy Awards, é um grande fã de tatuagens. Sua coleção não para de crescer, chegando ao número de 100 tatuagens.

“Eu simplesmente gosto de fazê-las”, diz Sheeran pelo telefone de um hotel em Detroit. “Eu gosto de guardar pequenos momentos dos lugares que passei.”

De fato, mesmo com a agenda lotada de entrevistas, visitas em radios e, mais tarde, um concerto em Fillmore (Detroit), ele esteve andando pela cidade congelante procurando por um lugar para fazer uma tatuagem.

“Qualquer tempo livre que eu tiver, eu farei uma”, ele disse.

 

Uma agenda te turnê lotada não é novidade para Sheeran, que aos 21 anos já veterano no assunto.

“A única novidade será que, ao invés de algumas mil pessoas, serão tipo 20,000 pessoas”, diz Ed se referindo aos shows que realizará com a Taylor. Tentando parecer casual, ele fala tranqüilamente “Vai ser legal, vai ser legal”.

Legal mesmo é que Ed Sheeran foi escalado para se apresentar nos Grammys dia 10 de Fevereiro, cantando um dueto com nada menos que o Sr. Elton John. “Acredito que esse será de longe, o pico da minha carreira até agora” ele diz. Ed não quer revelar a música que irão cantar juntos “Eu quero que seja uma surpresa, mesmo achando que provavelmente não vai ser”

Dica: “The A Team,” talvez?

Essa música em particular não é tão comum quanto os outros hits que imaginamos: uma meditação acústica sobre uma moça que é viciada em crack. “Eu escrevi sobre uma menina chamada Angel (anjo em inglês). Eu a conheci num abrigo de sem-tetos em Londres” (quando, com 18 anos, ele era voluntário).

A música o surpreendeu com o sucesso, principalmente na América.

“Quando escrevi a música, foi porque eu precisava. Na minha cabeça, não estava pensando ‘Oh, isso vai funcionar na América’. Mesmo sendo um hit na Inglaterra, eu não achei que funcionaria na América. Foi realmente surpreendente o quanto longe essa música tem me levado.”

 

“Todas as músicas do “+” são sobre uma pessoa”, ele explica “Eu nunca namorei alguém de Hollywood – ou qualquer pessoa famosa, por isso, não sei como seria escrever uma música que vocês saberiam sobre quem se trata.”

Fonte: STL Today



comentários

Webstatus

Projetos

Agenda

Twitter

Facebook

Apoio

Afiliados