banner

 

Hoje ele tem milhões de libras no banco e até dividiu o palco com Elton John nos Grammys desse ano, mas Ed já foi um garoto desconhecido e geek que virou motivo de chacota de uma gang nas ruas de Londres.
O cantor foi alvo devido a tonalidade ruiva de seus cabelos. O ataque aconteceu em Suffolk, Inglaterra — mas hoje ele está convencido que seu cabelo é sua marca registrada.

Em entrevista para um canal neo-zelandês, ele disse que “Todos já sofreram bullying em algum momento da vida, na escola. É claro que algumas coisas vão te marcar, mas no final das contas, você acaba vendo as coisas pelo lado positivo.”

“Eu era bem estranho quando era pequeno, usava óculos gigantes, tinha problemas de audição, gaguejava sempre e o cabelo era mais ruivo do que nunca, mas hoje em dia sou um músico de sucesso e não tenho do que reclamar. Eu encarei os problemas de forma positiva e floresci.”

“Ser ruivo é um problema quando se é criança, mas quando se é um músico, a cor do cabelo ajuda muito na divulgação — porque quando você vê uma criança ruiva na TV tocando violão e a única coisa que você sabe à respeito dele é a cor de seu cabelo bagunçado, fica mais fácil de encontrá-lo no YouTube.”

Fonte: MSN UK
Tradução e adaptação: Renata Marcon



comentários

Webstatus

Projetos

Agenda

Twitter

Facebook

Apoio

Afiliados