1012709_521497321256236_756348536_n

 

Ed Sheeran criticou a homofobia da igreja baptista de Westboro, depois de membros da mesma terem feito uma manifestação em um show da Taylor Swift, os quais tem tido Ed Sheeran como abertura.

Os membros da congregação acusaram a cantora de ser “a cara para as jovens prostitutas de uma América condenada”. Na sua página oficial de Twitter, Sheeran mostrou o seu desagrado com a manifestação, que decorreu antes do concerto da turnê Red, no Kansas: “Às pessoas que estão do lado de fora, mantenham suas ideias homofóbicas para vocês, estamos em 2013”.

tweet

Ed Sheeran não é o primeiro músico a reagir a ataques da igreja de Westboro. Lady Gaga também já o fez e em 2011, os Foo Fighters responderam cantando para os manifestantes. Os fãs celebraram o contra-protesto, enquanto Grohl gritava: “Não quero saber se são pretos ou brancos, ou roxos ou verdes, sejam da Pensilvânia ou da Transilvânia, Lady Gaga ou Lady Antebellum, aceitamos todos.  Homens que amam mulheres e mulheres que amam homens, homens que amam homens e mulheres que amam mulheres (todo mundo sabe que gostamos de ver isso). Deus Abençoe a América.”

Fonte: MyWay

Adaptação: Amanda



comentários

Webstatus

Projetos

Agenda

Twitter

Facebook

Apoio

Afiliados