Ed on Ryan Seacrest

Ed Sheeran passou pelo programa de rádio ‘On Air with Ryan Seacrest’ poucos dias depois de sua incrível performance com Elton John na After Party do Oscar, para falar sobre sua próxima música nova.. e ele fez um cover de ‘Drunk In Love’ da Beyoncé. O cantor  de ‘The A Team’, admite que, quando ele veio para tocar com Sir Elton John, no domingo, ele não tinha nenhum aviso prévio.

“Eu não realmente disse que eu estava fazendo isso e ninguém da minha equipe sabia disso também. Tipo, eu fui para ensaiar naquele dia e Elton apareceu e era como, ‘Oh, eu vou ficar em cima do piano e encravar uma música, o que você quer tocar? “E eu era como: ‘Candle In the wind’? E ele era como: ‘Sim, é claro’. E nós tocamos e ele era como: ‘Certo, legal. Então, isso vai ser a segunda para última música do set list'” Ed brinca.

Apesar de ser de última hora, os dois executou a canção perfeitamente, da mesma forma Ed tem feito isso para por todo 2013 enquanto ele estava na estrada.

“Eu estava na América há 11 meses e meio, que, como um inglês é uma coisa muito difícil de fazer”, explica Ed. “Eu morava em Nashville por seis meses, eu morava em Los Angeles por três meses e Nova York por dois.”

Mas o cantor britânico admite estar na América, na verdade, ajudou a influenciar o seu próximo álbum.

“Eu escrevi um monte de coisas. Eu escrevi todo este próximo disco … ao longo do ano, eu escrevi 120 músicas … A América é um dos países em que você tem um monte de experiências e conhece um monte de gente nova … não é como um rap sobre mudanças de estrada, mas há canções inspiradas por Nashville e coisas assim … e eu levei mais influência de música aqui, eu tenho que trabalhar com um monte de gente muito legal aqui.”

O cantor de “Lego House” também está usando seu próximo álbum em seu braço … literalmente! Ed admite que muito de sua música influencia suas tatuagens.

“Eu só tenho um ursinho de pelúcia na verdade … [no meu bíceps que] faz com que seja um pouco mais másculo … um monte disso na verdade é [influenciado pela minha música] como essa “corrente sanguínea (Blood Stream)“. “Essa é uma música.”

Quando perguntado por um fã que ligou para falar de como ele faz sua música tão relacionável​​, ele admite que sempre fica surpreendido que as pessoas são capazes de se relacionar com ele.

“Eu simplesmente não sei realmente porque as letras que eu escrevo são tão pessoais para mim, eu sou um compositor egoísta … então quando as pessoas dizem que se relacionam com ela, é sempre um pouco de um choque, porque você é tão introvertido quando esta escrevendo.”


Assista ao vídeo para ouvir Ed Sheeran nos agraciar com um cover de “Drunk in Love”, de Beyoncé, que é absolutamente incrível, apesar de ele ainda estar aprendendo a letra.

Fonte: Ryan Seacrest

Tradução e Adaptação: Ed Sheeran Brasil



comentários

Webstatus

Projetos

Agenda

Twitter

Facebook

Apoio

Afiliados