10.06
postado por: Jenny SHM
Ed Sheeran faz lindo discurso inspirador: “Ter coisas que o faz diferente, ajudam a te tornar uma pessoa interessante”

Na última segunda-feira, 08, o American Institute for Stuttering organizou o anual evento de gala beneficente, “Freeing Voices Changing Lives“, e contou com a presença do cantor Ed Sheeran e da atriz Emily Blunt.

A instituição AIS ajuda as pessoas a se tratarem de sua gagueira e isso resultou em um discurso inspirador do Ed Sheeran.

“Ter coisas que o faz diferente, ajudam a te tornar uma pessoa interessante. A maioria das pessoas que eu conheci e que eram normais na escola, estão bem tediosas agora – vão para a academia quatro vezes na semana e se olham bastante no espelho, mas eles realmente não tem muito a dizer… A maioria das pessoas que são bem sucedidas, começaram a vida como uma criança estranha sem amigos”

Emily comentou sobre sua gagueira, um distúrbio de timidez, que pode ser confundido com dificuldade de aprendizagem, ansiedade ou fraqueza, mas na verdade é que a pessoa está limitada em sua capacidade de falar.

“Eu queria que as pessoas entendessem que isso não quer dizer que eu não sabia quem eu era ou o que eu queria dizer ou quem eu queria ser.”

Continue lendo o discurso completo de Sheeran para os jovens gagos presentes no evento, onde ele comenta sobre os lados mais sombrios da infância. 

“Eu era uma criança muito, muito estranha. Eu tinha uma mancha de nascença igual ao vinho do porto no rosto e tirei com laser quando eu era muito jovem. Um dia, eles esqueceram de colocar o analgésico e, desde então, eu tenho gagueira. Eu também tinha um óculos NHS (National Health Service) azul imenso. Um dia eu espero que você tenha o mesmo! E eu não tinha um tímpano de um lado da minha orelha, então a gagueira foi, na verdade, o menor dos meus problemas, mas ainda era uma coisa muito difícil. O que eu achei mais difícil foi saber o que dizer, mas não sendo capaz de expressar da maneira certa.

Meu tio Jim disse ao meu pai que Eminem foi o próximo Bob Dylan, então meu pai me trouxe o The Marshall Mathers LP quando eu tinha 9 anos, sem saber o que tinha nele. Eu aprendi todas as palavras de trás para frente, quando eu tinha 10 anos. Ele cantava muito rápido e melodicamente e isso me ajudou a me livrar da gagueira.

A gagueira não é uma coisa que você tem que se preocupar no geral. Mesmo se você tem peculiaridades e é estranho, você não deve estar preocupado com isso. As pessoas que eu conheci na escola com isso, eram as mais normais e as mais legais quando nós crescemos. Eu estava dizendo para a Emily anteriormente, que um dos populares da escola agora faz meu encanamento. Isso é fato!

Eu não queria, necessariamente, lançar luz sobre a gagueira ou torná-la algo, mas estressa as crianças, em geral, a apenas serem elas mesmo, porque não há ninguém no mundo que possa ser uma pessoa melhor do que você. Se você tentar ser o popular na aula, você vai acabar muito chato e fazendo encanamento para alguém que, aparentemente, não era tão legal. Seja você mesmo. Abrace suas particularidades. Ser estranho é uma coisa maravilhosa. Eu tenho uma equipe f•da agora, isso é muito legal!

Abrace suas esquisitices! De um ponto de vista da gagueira, não trate isso como um problema. Trabalhe com isso e tenha o tratamento que você quiser, mas nunca veja como um apuro em sua vida. Continue seguindo em frente.”

Assim como Emily Blunt, Ed Sheeran não sabia que era um dos homenageados do evento, tendo a informação apenas uma hora antes da cerimônia.

Sheeran terminou o evento se apresentando com “Thinking Out Loud”  e quando o público pediu por mais, Ed doou mais 20 mil dólares para a instituição.

“Eu realmente não havia notado o quão bêbado eu estava, até pisar no palco.”

Fotos Freeing Voices Changing Lives (08/06/15)

Fonte: hollywood reporter

Tradução e Adaptação: Ed Sheeran Brasil

eDsHEERANBR.COM TODOS OS DIREITOS RESERVADOS DESIGN: Gustavo Franco CODIFICAÇÃO: DC DESIGN