25.06
postado por: Gabriel Nunes
Glastonbury 2017: Ed Sheeran encerra de maneira fenomenal

Em 2011, Ed Sheeran tocou no mesmo festival no palco Croissant Neuf, para “mais ou menos 500 pessoas”
No Domingo, ele fechou o festival, atraindo um público mais jovem do que as atrações, Radiohead e Foo Fighters, atraíram nos dias anteriores.

O ruivinho admitiu que estava  “muito nervoso mas muito animado” de estar ali.

“Para aqueles que nunca viram um dos meus shows ou nunca escutaram uma música minha, por favor, finja que você as sabe”, ele brincou com o público. “Para aqueles que sabem, por favor, cantem todas as letras”

O público enfrentou o desafio, juntando-se melancolicamente enquanto ele cantava as baladas ‘Photograph’ e ‘Thinking Out Loud’.

O ruivinho tocou, como ele normalmente faz, sem uma banda; usando um loop pedal para sobrepor o vocal e acordes de guitarras criando uma ‘faixa de apoio’, ao vivo.
Isso gerou problemas durante ‘Bloodstream‘ quando seu violão ficou fora de sintonia, mas na maioria das vezes, o som era impressionante. Sheeran pode construir ou quebrar uma música à vontade, habilidade aperfeiçoada por implacáveis anos fazendo concertos.

Os destaques incluíram ‘The A Team’, a qual ele cantou sendo iluminado pela multidão, que segurou seus celulares, criando uma impressão de 80,000 vagalumes balançando pelos campos da Worthy Farm.

Sheeran também convidou a tradicional banda irlandesa Beoga ao palco para acompanha-lo em ‘Nancy Mulligan’, uma música sobre sua avó paterna. Esse foi um momento claramente ensaiado, mas, com seu avô assistindo ao espetáculo, Ed tornou a canção genuína.

O cantor-compositor contou ao público: “Eu gostaria de dizer que isso era um sonho meu, mas eu nunca pensei que chegaria a esse ponto que cheguei, sendo um headline sozinho.”

E para o próprio Glastonbury, o apelo de Sheeran para jovens com menos de 30 anos é fundamental. Esses são os fãs que o festival quer, para repor o público e sobreviver. É por isso que esse ano nós vimos mais Pop e ‘Grime’ do que nunca, de Charli XCX a Katy Perry, e de Wiley a Stormzy.

GALERIA DE FOTOS:

Divide Tour – Glastonbury 2017 (25.06)

Por: Ed Sheeran Brasil

Fonte: BBC
Tradução e Adaptação: Ed Sheeran Brasil

eDsHEERANBR.COM TODOS OS DIREITOS RESERVADOS DESIGN: Gustavo Franco CODIFICAÇÃO: DC DESIGN