Arquivo de 'Álbum'



22.12
postado por: Gabriel Nunes
“Divide” de Ed Sheeran ultrapassa a marca de 1 milhão de vendas nos EUA

O álbum ÷ (Divide) de Ed Sheeran superou 1 milhão de cópias vendidas nos EUA, de acordo com a Nielsen Music, marcando o terceiro milhão de vendas do cantor e compositor. Ele vendeu 31.000 cópias na semana que terminou em 14 de dezembro – trazendo seu total acumulado para 1.013 milhões.

÷ é o segundo álbum a vender um milhão de cópias em 2017, seguido de ‘reputation’ de Taylor Swift, que vendeu 1.719 milhões.

O álbum de Sheeran foi lançado no N° 1 no  Billboard 200, em 2017, concedendo ao artista sua segunda liderança. Desde a sua estréia, o álbum permaneceu no top 20 semanal para todas as 41 semanas do chart (por meio da lista com data de 30 de dezembro).

Divide já desencadeou duas músicas do N° 1 no Billboard Hot 100 – o single principal do álbum, “Shape of You” (12 semanas no n. ° 1) e a recente, “Perfect“, com Beyoncé. Sheeran também foi nomeado o melhor artista da Billboard de 2017.

÷ segue os milhões de vendedores anteriores de Sheeran: x (Multiply), com 2,26 milhões (lançado em 2014); e + (Plus), com 1,25 milhões (lançado em 2012).

Assista ao clipe oficial de “Perfect”:

 

Fonte: Billboard
Tradução e Adaptação: Ed Sheeran Brasil

15.12
postado por: Gabriel Nunes
ASSISTA! Ed Sheeran lança vídeo de “Perfect” com Andrea Bocelli

Ed Sheeran recrutou Andrea Bocelli para uma versão orquestral de “Perfect”,  música de seu recente álbum, Divide. A clássica estrela italiana oferece elegância para a balada, com um vibrato robusto sobre os arpejos do violão de Sheeran. Os cantores alternam os vocais principais ao longo da canção, com Ed cantando um pouco em italiano.

O irmão de Sheeran, Matthew Sheeran, um compositor clássico, produziu a música. Eles gravaram ao mesmo tempo que a original e depois pediram para Bocelli participar. Os vocais da versão orquestrada foram gravados na casa de Bocelli, em Toscana, na Itália.

Em um vídeo behind the scenes, os cantores estão maravilhados com o trabalho um do outro. Bocelli senta-se em sua cadeira, cantando e gesticulando como um maestro, enquanto Sheeran parece totalmente paralisado por sua poderosa voz.

Confira o vídeo de Perfect Symphony:

 

Fonte: Rolling Stone
Tradução e Adaptação: Ed Sheeran Brasil

15.12
postado por: Gabriel Nunes
Ed Sheeran deu ‘Love Yourself’ para Justin Bieber porque era “muito pessoal” e “cruel”

Ed Sheeran foi nomeado o artista mais transmitido no mundo pelo Spotify em 2017, responsável por 6,3 bilhões de reproduções. Sheeran lançou seu terceiro álbum, Divide, no início deste ano, que incluiu o sucesso, “Shape of You“.

Há uma música, no entanto, que nunca gravaria, então ele acabou dando a outro artista. Essa música foi “Love Yourself“, que Justin Bieber transformou em um hit nº 1 no ano passado.

Ed disse à Q que a música era “muito pessoal” e “um pouco dura”.

“Eu arruinei amizades e relacionamentos com pessoas que conheço colocando músicas no meu álbum”, disse ele, citando “The Man” e “Don’t“, de 2014, lançadas no seu álbum X.

“Elas são músicas que as pessoas escutam no rádio, mas elas têm grandes repercussões na minha vida pessoal. “Love Yourself” teria realmente “ferrado” com algumas coisas, por isso nunca iria gravá-la e colocá-la em um álbum.

“Se algumas pessoas estão realmente com um mau humor, eles irão correr, dar soco ou algo assim, apenas para liberar o estresse”, diz ele. “Eu coloco toda a minha energia ruim em uma música, e é por isso que algo como ‘Love Yourself’ acaba sendo bastante amargo e malvado. É porque toda a minha energia ruim entra naquela música e, depois que eu termino, me sinto completamente leve e melhor. “

Sheeran acrescenta que é “importante ser honesto” na composição, mas que muda a maneira como ele pensa em lançar músicas no mundo.

Confira “Love Yourself” de Justin Bieber:

 

Fonte: CBC
Tradução e Adaptação: Ed Sheeran Brasil

11.12
postado por: Gabriel Nunes
Ed Sheeran responde ao desprezo do Grammy e acredita que tem todo o tempo do mundo para outro

Pode ter sido um dos álbuns mais vendidos do ano, mas o ‘÷‘ de Ed Sheeran certamente não conquistou os fabricantes de sabores dos Grammys.

O último álbum de Ed, que chegou às prateleiras em março, recebeu apenas duas indicações para a cerimônia de 2018, que será realizada em Nova York no próximo mês (28 de janeiro).

O desprezo foi surpreendente – especialmente devido ao desempenho comercial e ao status indubitável de Sheeran como um dos maiores artistas do mundo, mas o jovem de 26 anos pareceu filosófico quando pediram sua opinião no assunto.

Falando para a Billboard, Sheeran permaneceu bastante enigmático sobre sua interpretação do desprezo na premiação, mas sustentou que “era apenas para ser“.

“Há uma razão muito clara para o que aconteceu e é maior do que eu, muito maior do que eu”, ele opinou. “É como se fosse algo que, era apenas para ser, essa é a forma como este ano tinha que acontecer”.

Ed Sheeran recebendo um Grammy em 2016 (Foto por Alberto E. Rodriguez/WireImage)

Eu não estou morrendo por causa disso“, ele continuou. “Não é como se eu nunca mais fosse nomeado para um Grammy novamente. E fui nomeado para dois Grammys. Isso que foi me destinado

“Na semana seguinte, eu recebo um MBE do palácio, eu estou em 1º lugar no Spotify, estou prestes a ter o meu segundo #1 na Billboard – há tantas outras coisas que o contrabalanceiam o desprezo.”

É assim que vivo minha vida“, resumiu Sheeran. “Quando uma porta se fecha, abre-se outra. Você realmente, ficará louco se pensar muito nas coisas, e eu sou tão tranquilo quando se trata disso.

 

Fonte: Metro
Tradução e Adaptação: Ed Sheeran Brasil

 

11.12
postado por: Gabriel Nunes
Ed Sheeran diz que seu próximo álbum será lo-fi

Ed Sheeran lançou três álbuns de estúdio nos últimos seis anos, e cada um foi incrivelmente bem-sucedido, mas para seu próximo lançamento, ele não se preocupa com os números.

Em uma entrevista recente com The Sunday Times, o cantor de “Perfect” falou um pouco sobre seu próximo álbum dizendo que será sobre música, e não sobre estar no topo das paradas.

Às vezes sou fraco mentalmente, me sinto muito vulnerável e inseguro. Meu plano é um álbum lo-fi, que será o meu menos vendido, mas o mais amado.“, Sheeran disse ao The Sunday Times usando o álbum de Bruce Springsteen ‘Nebraska’ como sua inspiração e diretriz.

“Ele pode ser lançado no ano que vem, ou daqui a quatro anos.”

Apesar do fato de Ed estar inseguro sobre sua música e planejando ter um baixo número de vendas quando lançar o álbum, com base em seus fãs dedicados e o amor por suas músicas, nós sentimos que não será pouco vendido como ele pensa.

*lo-fi: música com menos produção. com uma qualidade de áudio mais baixa.

 

Fonte: People’s Choice
Tradução e Adaptação: Ed Sheeran Brasil

eDsHEERANBR.COM TODOS OS DIREITOS RESERVADOS DESIGN: Gustavo Franco CODIFICAÇÃO: DC DESIGN