Ed Sheeran
Galway Girl
Ed Sheeran diz que quer bater recordes de Adele – mas brinca que está “perdendo” a competição amigável
Ingressos para os sete shows da Divide Tour na Irlanda já estão esgotados
Ed Sheeran Vídeos Galeria de Fotos Entrevistas Álbum Divide Divide Tour
05.07
postado por Gabriel Nunes
Lady Gaga defende Ed Sheeran e insiste às pessoas a serem mais gentis após cantor sair do Twitter

Lady Gaga partiu em defesa de Ed Sheeran depois que o cantor revelou que havia deixado o Twitter – após, também, receber comentários ruins de alguns Little Monsters.

Gaga elogiou o ruivo e disse que todos precisam ser mais gentis uns com os outros, em vez de serem “odiosos e ruins“.

Junto com uma imagem de Sheeran dando um polegar para a câmera enquanto estava ao lado de Gaga, ela escreveu: Que incrível e talentoso artista EU AMO ED @edsheeran merece todo o nosso amor e respeito, como todos os seres humanos também

Ela terminou a postagem: Não há motivo para derrubar um artista simplesmente porque ele está no topo. Trabalhe mais duro para ser mais bondoso a todos. Isso deveria ser sua primeira tarefa com a humanidade.

Um dia antes Ed admitiu que toda vez que entra na rede social ele acaba vendo apenas comentários negativos.

A estrela de Galway Girl compartilhou: “Eu entro lá e não vejo nada além de pessoas falando coisas maldosas. Twitter é a plataforma para isso. Um comentário arruína o seu dia. Mas é por isso que eu saí

“O que ferra a minha cabeça é ficar tentando adivinhar porque as pessoas me odeiam tanto.” disse ao The Sun

O cantor de 26 anos também disse sobre o abuso que recebeu dos fãs de Lady Gaga após uma entrevista que ele deu – mas disse que era algo completamente injustificado.

Ed explicou que é mantido sob controle por “pessoas como meu pai“, então não precisa de estranhos.

Claro que o cantor não foi a primeira celebridade a sair do Twitter após sofrer comentários de “trolls”. A cantora Adele também saiu temporariamente em Novembro de 2012 após receber ameaças de morte diretamente dirigidas a ela e sua filha. Enquanto John Bishop desistiu em Novembro de 2014 depois de receber abuses que estavam sendo direcionados aos seus entes queridos.

 

Fonte: Mirror
Tradução e Adaptação: Ed Sheeran Brasil

03.07
postado por Gabriel Nunes
Ed Sheeran é forçado a abandonar o Twitter após revelar que comentários ruins o deixam para baixo

TROLLS  forçaram Ed Sheeran a sair do Twitter.

O headline do Glastonbury e recordista de charts disse que o fluxo de comentários ruins estavam o deixando para baixo.

Ele disse ao The Sun: “Na verdade, eu saí completamente do Twitter. Não consigo ler”

“Eu entro lá e não vejo nada além mensagens maldosas. O Twitter é uma rede social para isso. Um comentário arruína o seu dia. Mas é por isso que eu saí. Tento descobrir porque as pessoas não gostam de mim tanto.”

O Instagram de Ed gera tweets automaticamente, mas não é usado por ele mesmo.

O ruivinho disse que, invés disso, ele consegue dicas com seus familiares e amigos íntimos.

Sheeran explicou: “Eu tenho pessoas como o meu Pai, que vão conversar comigo”

“Eu não tenho que ter alguém me chamando de ‘um qualquer’.”

Mas o cantor ainda procura o feedback do público em seus sites favoritos, o qual geralmente são mais positivos. “Os comentários do The Sun, na verdade, são legais.

“Você pensaria que os comentários em um site de jornal poderiam ser os piores”.

Ed foi mesmo alvo de fãs irritados de Lady Gaga. Ele disse: “A base de fãs de Lady Gaga leu uma entrevista em que eles assumiram que eu estava falando sobre ela e todos eles estavam com ódio. E não era nada a ver com isso

“Então eu acho que o Twitter entra em um fluxo de “achismo” e então você fica na m****”.

As celebridades, incluindo Stephen Fry, Adele, Rylan Clark-Neal e Zayn Malik estão temporariamente fora do Twitter por causa do mesmo ódio.

Além disso, os fãs estão subindo a tag #SheeriosLoveEd com o intuito de mostrar apoio ao artista. Participe você também!

 

Fonte: The Sun
Tradução e Adaptação: Ed Sheeran Brasil

30.06
postado por Gabriel Nunes
Ed Sheeran recupera 1º lugar no Official Albums Charts depois do Glastonbury 2017

Depois de surpreender mais de 100,000 pessoas no festival de Glastonbury semana passada, o álbum Divide recuperou o topo na lista do Official Albums Charts. O álbum pulou de 2º para 1º lugar registrando a 12º semana no topo, batendo os companheiros de festival, Radiohead com a nova edição do 20º aniversário do OK Computer, que entrou em 2º lugar.

Os dois álbuns anteriores também ganharam uma elevação na lista após o Glastonbury 2017, o x(Multiply) saltou sete casas ocupando a 12ª posição e o seu álbum de estréia, +(Plus), marca a 21ª.

(Confira todo o histórico de charts do cantor no Reino Unido clicando aqui)

Outras atrações do festival também retornaram ao chart, como o Foo Fighters com o Greatest Hits aparecendo no Top 10 pela primeira vez desde o seu lançamento em 2009, ocupando a 6ª posição, e o Bee Gees com Timeless no nono lugar.

(CONFIRA I’M A MESS LEGENDADA NO GLASTONBURY 2017)

Assista também a performance de ‘The A Team‘:

 

Fonte: Official Charts
Tradução e Adaptação: Ed Sheeran Brasil

eDsHEERANBR.COM TODOS OS DIREITOS RESERVADOS DESIGN: Gustavo Franco CODIFICAÇÃO: DC DESIGN